Google+ Badge

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

MANGOSTÃO E BEM-ESTAR

Os antioxidantes modificam as reacções químicas provocadas pelos radicais livres, e são necessários em altas concentrações no corpo, auxiliando o bom funcionamento dos sistemas cardiovascular, digestivo, imunológico, nervoso e cutâneo.
Fazendo a analogía a uma maçã aberta ao meio, o ar vai oxigenar a maçã, mas se colocarmos sumo de limão, ela já não oxida. Um processo de oxidação similar, ocorre em cada célula do nosso corpo. Se uma pessoa decide tomar frequentemente antioxidantes, os benefícios estarão presentes no organismo, prevenindo o envelhecimento prematuro e melhorando a qualidade de vida, especialmente, quando se chega à velhice.

Benefícios do mangostão:

O sumo de mangostão na integra, é um suplemento dietético extraordinário, por conter uma quantidade significativa de antioxidantes, prevenindo doenças causadas pelo stresse oxidativo e envelhecimento. Contém fitonutrientes que potencializam suas propriedades anti-inflamatórias e anti-histamínicas.

Na medicina tradicional asiática, o mangostão tem sido usado para tratar:

Diarreia
Disenteria
Inflamação
Problemas epidérmicos
Gota
Doenças intestinais
Infecções
Febre


O mangostão (Garcinia mangostana) é uma fruta do Sudeste Asiático, originária da Tailândia, da família gutíferas Garcinia cambogia. O fruto é do tamanho de uma tangerina. A sua casca (ou pericarpo) é grossa e roxa. A polpa do mangostão é composta de 6 a 8 gomos, de textura branca.
As árvores crescem em regiões tropicais e dão fruto duas vezes por ano. A polpa, tem um sabor único. Contudo, os benefícios nutricionais, encontram-se no pericarpo. No mangostão há diversos fitonutrientes que ajudam o organismo, assim como as xantonas que são compostos biológicos altamente benéficos para a saúde. Médicos dizem, que existem cerca de 200 tipos diferentes de xantonas na natureza estudadas até ao momento, e o mangostão, contém quarenta e três. As propriedades das xantonas são:

Anti-oxidantes
Anti-bacterianas
Anti-fúngicas
Anti-virais
Anti-depressivas
Anti-inflamatórias


Além de xantonas, os fitonutrientes do mangostão prevêem o seguinte:

Biomoléculas, polissacarídeos são formados pela união de muitos monossacarídeos. São os carbohidratos, que desempenham várias funções, principalmente para as reservas energéticas e estruturais, que ajudam o sistema imunológico, regulando a função cardiovascular e fornecendo protecção anti-degenerativa. Os médicos dizem, que os polissacarídeos estão presentes, principalmente na fruta.

Catequinas, são uma subclasse de polifenóis e têm sido amplamente investigadas. Médicos demonstraram que, a catequina epigalo, (presente no Chá Verde) mangostão (EGCG), tem potentes benefícios anti-cancerígenos.
Os médicos dizem, que os esteróis podem bloquear a absorção do colesterol no intestino, reduzindo assim o risco de doenças cardiovasculares.

Proantocianidinas, têm sido estudadas na protecção do sistema cardiovascular.

O mangostão contém fibra, cálcio, fósforo, ferro, vitamina B (tiamina) e vitamina C (ácido ascórbico). Esses elementos, ajudam as células a ter um ótimo desempenho e retardam os efeitos do envelhecimento. De acordo com a pesquisa do Dr. James A. Duke, publicada no banco de dados do Department of Agricultura, o mangostão tem ácido ascórbico, beta-caroteno e xantonas, que têm propriedades antioxidantes e anti-envelhecimento.

Consumo recomendado

Como medida preventiva em jovens saudáveis, recomenda-se tomar 30 ml, no fim das 3 principais refeições: pequeno almoço, almoço e jantar

SAÚDE

A Organização Mundial de Saúde define a Saúde como um estado de bem-estar físico, mental e social completo e não meramente a ausência de doença ou doenças. Pessoas saudáveis, geralmente preocupam-se com a sua alimentação, saúde e exercício físico. Com o passar do tempo, o organismo começa a enfraquecer e cada vez mais propenso à doença. Para ele, é importante tomar suplementos alimentares de forma a ajudar a manter o organismo num estado ideal para combater o envelhecimento precoce e prever doenças.

Constituição da Organização Mundial de Saúde, na Suíça Genebra, 1946.

DUQUE, J. Dr.Phytochemical etnobotânico e bancos de dados "Química em: Garcinia mangostana L. (Clusiaceae), mangostão mangostin. "
www.ars-grin.gov/duke/cgi-bin/duke/farmacy2.pl

Nunca Endig Weakth LP, "Into the Fray: Mangosteen, radicais livres, antioxidantes e Você". Som Conceitos Ed, EUA, 2005.

MORTON, David, o Dr. "Mangosteen, Séculos de Ciência simplificado". Ed. Conceitos de som, EUA, 2007.

Sem comentários:

Enviar um comentário